Now reading
Quanto pagar em um presente de casamento?

Quanto pagar em um presente de casamento?

Se você é padrinho ou madrinha, tem que gastar mais? É feio dar o presente mais barato da lista? É hora esclarecermos os mitos da etiqueta

Mesmo com crise e desemprego, dar o presente mais barato da lista de casamento ainda parece feio para muita gente. Se você está entre os padrinhos ou é da família, então, pior ainda. Afinal, há uma regra para escolher o valor de um presente para os noivos?

A norma segue o seu bolso e o afeto. Para Gloria Kalil, consultora referência em etiqueta no Brasil, o presente de casamento não é uma obrigação, mas uma lembrança carregada de afetividade. “Quanto ao dinheiro, é definitivamente deselegante confundir o ato de presentear com uma transação comercial”, escreveu em seu site, Chic.

Muitas vezes, os presentes mais baratos são os primeiros a esgotarem na lista de sugestões dos noivos. Nesse caso, o mais indicado é comprar uma lembrança de fora da lista, que combine com o casal, e mandar entregá-la antes ou depois do casamento. “Não é deselegante dar um presente de acordo com a sua renda”, diz a consultora de etiqueta Ana Flávia Furtado.

Ao montar a lista, cabe aos noivos diversificar as opções de valores, para que os convidados se sintam à vontade para dar o que têm condições de comprar. “É muito feio obrigar os convidados a gastarem um valor alto em presente. É preciso bom senso”, aconselha a cerimonialista Vanessa Aune.

Padrinhos e madrinhas

E se você é padrinho ou madrinha, tem obrigação de dar um presente caro? Não é uma obrigação, mas é natural que, com uma relação mais próxima com os noivos, você queira dar uma lembrança marcante. No entanto, não se endivide para isso.

“Como padrinho ou madrinha, você tem uma enorme quantidade de outros gastos, como eventos, roupa e salão de beleza. Dê um presente significativo, com valor emocional, que muitas vezes não é o mais caro”, sugere a coach financeira Vivian Sant’Anna, habilitada pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBCoaching).

Custo da festa

E aquela velha história de que o presente tem que estar de acordo com o valor gasto por convidado da festa? Também está fora de moda. “Não faz sentido fazer a festa com a esperança de receber um retorno do valor gasto com ela”, diz a coach.

É de bom tom enviar uma lembrança aos noivos mesmo que você não vá ao evento. Vale tudo, até entrar na vaquinha com amigos ou dar um kit pós ressaca da festa, desde que seja com afeto.

Fonte: Exame

O que você achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *